sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Sales in Angola | Promoções em Angola

Querida Sofia, 
Foi uma colega que reparou, mas é de facto gritante... 375g de Cereais Fitness custam 328 Kwanzas. 750g dos Special K (não tão diferentes...) custam 995 Kwanzas. Mas isto faz algum sentido em algum país do mundo? "Compre mais, pague mais" parece ser o lema... 

Dear Sophie, 
A colleague told me to check this out, but she was just so on point. 375g of Fitness cereals cost 328 Kwanzas (3.28 US dollars). 750g of Special K (not that different...), cost 995 Kwanzas (9.95 US dollars). I mean... does this happen anywhere else in the world? "Buy more, pay more" seems to be the motto.




A Pipoca Mais Doce em Angola

Visto no Kero de Talatona - Luanda

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Trezentas e setenta e cinco certezinhas

Chegou finalmente o dia em que nascer em Cuba me poderá começar a trazer benefícios. Até a minha mãe ligou para desejar-me os parabéns (euh... obrigada?). Vou pedir o passaporte de volta! 

And then came the day when being born in Cuba could start being a good thing. Even my mother called me to congratulate me (euh, thanks?). I am going to ask for my passport again!

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Atlanta | CNN Center


Querida Sofia, 
Sei que tenho começado todas as cartas sobre Atlanta da mesma maneira, mas repito: não sabia mesmo nada sobre a cidade antes de lá aterrar. E tal não foi a minha surpresa quando vi um grande edifício a dizer "CNN". Pensei que seria um escritório de representação do canal mais conhecido no mundo, mas não... Atlanta é a Sede da CNN! Os escritórios estão localizados no CNN Center, coladinho ao Centennial Olympic Park. A CNN (e a Cartoon Network, o canal da minha adolescência!) faz parte da Turner Broadcasting Company que faz parte da Time Warner. O tour da CNN chama-se Inside CNN Studio Tour e vemos as salas de gravação, as salas de controlo de produção, os estúdios e sobretudo, vemos os jornalistas a trabalhar em directo. O que te vou dizer pode parecer absurdo, mas foi no dia do tour que soube da existência do canal de notícias HLN, muito popular nos Estados Unidos, e vi muitos dos seus mais famosos jornalistas a trabalhar (e uma delas a pedir um café no Starbucks, ao meu lado!). Que pele maravilhosa têm estas senhoras! Claro, queria ver o Pedro Pinto ou o Anderson Cooper, mas bom, fica para uma próxima. 
No fim do tour, como não poderia deixar de ser, passamos por uma loja de souvenirs... se não me engano, não comprei nada, mas ficam as fotos como lembrança eterna. 

Saiba mais sobre Atlanta (e outras cidades americanas) aqui.

Todas as fotos após a tradução. 

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

domingo, 14 de dezembro de 2014

Luanda | Ci Gusta, the frozen yogurt place in Luanda


Querida Sofia, 
Mudei ontem de casa. Esta mudança daria para tantas cartas, com tanto por contar e ainda TANTO por fazer (e também muita alegria por partilhar), então vou falar primeiro do que fizemos depois de mudar: comer gelados no Ci Gusta, uma gelataria italiana (libanesa...) no Maculusso, em Luanda. Já tinha passado à frente da dita cuja algumas vezes, e sempre estava cheia e animada, o que me tinha dado grande vontade de experimentar. Quando entrámos, as empregadas de balcão não estavam com aquela vontade de nos atender, mas assim que chegou o gerente, as coisas activaram-se um bocadinho. Pedimos milkshakes, gelados de morango, manga, amora, baunilha e chocolate, um waffle acabadinho de fazer e toppings de fruta cortadinha (manga e morango) e fomos para casa montar as sobremesas. Sinceramente, valeu-me de jantar. Os gelados são bons, sobretudo o de baunilha e manga. O de chocolate parece mais mousse de chocolate congelada. Sei que voltarei, com a esperança de ser atendida com mais rapidez e para experimentar mais coisas boas em jeito de celebração. 

Todas as fotos após a tradução. 

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

I've been waiting for an answer because I built this bed for two

Sam Smith

Querida Sofia, 
Ouvi esta música por acaso e entrou directo no coração e nos ouvidos. Pena ser tão curtinha. Poderia passar horas a ouvir isto. 

Dear Sophie, 
I heard this song out the blue and it went straight to my heart. And ears. It's a pity it's so short, but I am just hitting the repeat. 


I've been sleeping with the lights on 
Cause the darkness is surrounding you 
This is my world, this is my choice 
And you're the drug that gets me through 

I've been waiting for an answer 

Because I built this bed for two 
I'm just waiting on your answer 
I built this bed for me and you 

Could you see that I am yours? 

So will you be my life support? 
You're my life support 
You're my life support 

Sick of waking up in darkness 

When the sky is always painted blue 
There's a method to my madness 
It's clear that you don't have a clue 

I've been waiting for an answer 

Because I built this bed for two 
I'm just waiting on your answer 
I built this bed for me and you 

Could you see that I am yours? 

So will you be my life support? 
You're my life support 
You're my life support 
You're my life support 
You're my life support 
 Can't you see that I am yours? 
So will you be my life support? 
I've been sleeping with the lights on 
Cause the darkness is surrounding you


Atlanta | Max's Coal Oven Pizzeria (The best pizza I have ever eaten!)


Querida Sofia, 
Já estive na Itália duas vezes. Já comi em Little Italy em NY. Talvez só me falte ir para Hoboken, New Jersey, mas a melhor pizza que comi na vida foi em Atlanta, Georgia. Isto numa pizzeria fofinha e sem pretensões em Atlanta, pertíssimo de Pemberton Place (e do Georgia Aquarium e do World of Coca-Cola). A pizza era simples: massa fina, rúcula em molho de limão, presunto, ricotta e parmesão. Jesus Cristo! eu nem como presunto! e não conseguia parar de comer. A combinação de sabores estava apenas maravilhosa. A pizza chama-se apenas Arugula & Prosciutto. Recomendo a 200%. 

Max's Coal Oven Pizzeria 
300 Marietta Street NW 
Atlanta, Georgia 
maxsatl.com 

Algumas fotos após a tradução. 

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Atlanta | Brick Store Pub in Decatur

von datenightfriday.files.wordpress.com
Querida Sofia, 
Depois do pequeno passeio nocturno em Decatur, fomos ao Brick Store Pub. Vai parecer um pouco triste, mas a última vez que tinha estado num Pub tinha sido no meu querido Big Ben Pub em Neuilly-sur-Seine, Paris. Como eu gostava daquele ambiente! Como eu gosto de tudo o que envolva um cocktail ou um copo de vinho e uma boa dose de algo frito (de preferência, frango ou batata frita). Este Pub em Decatur era tudo o que eu precisava: uma luz maravilhosa, um ambiente chiaroscuro, tinha bastante gente sem estar abarrotado e o serviço era, claro, óptimo. 

Brick Store Pub 
125 E Court Square 
Decatur, Georgia 

Algumas fotos após a tradução. 

Atlanta | A detour to Decatur


Querida Sofia, 
Fiquei tão pouco tempo em Atlanta, mas deu para fazer muita coisa e ainda conhecer uma cidade perto de ATL e cheia de história: Decatur. Para ler tudo sobre a sua riqueza história (e impacto durante a Guerra Civil Americana), nada como uma boa visita à página do Wiki. Toda similitude com um cenário de E Tudo O Vento Levou não é mera coincidência, sendo a Margaret Mitchell de Atlanta.  

Todas as fotos após a tradução. 

Blast from the past



quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Series | Girlfriends' Guide To Divorce #GG2D

Querida Sofia, 
Há uma nova série por aí que pretende arrasar com tudo e todos: Girlfriends' Guide to Divorce. Bom, mais vale não ir com expectativas muito altas. Já vi o primeiro episódio (que vou rever, pois há ali algo no fim que quero rever) e vou já atacar o segundo. É da BravoTV. E tem a Lisa Edelstein. Tem de valer a pena.

Dear Sophie, 
There is a new series in town and it has a lot of promise: Girlfriends' Guide to Divorce. Well, let's not get our expectations way too high... I have already watched the first episode (that I have to watch again, because I need to catch on something that happens by the very end) and will start the second episode just after. It's from BravoTV. And it has Lisa Edelstein in the cast. Must be worth it! 



terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Luanda | Celeiro de Luanda, the Organic Store Paradise (December 2014 Update)


Querida Sofia, 
Uma das minhas cartas mais lidas sobre Luanda é sobre a loja Celeiro de Luanda, que vende produtos naturais e orgânicos/biológicos. Um ano mais tarde (hoje), voltei à loja, que agora tem uma nova localização (fica na Rua da Missão, perto do restaurante Asia Lounge). Fui, como da última vez, muito bem recebida e enchi o equivalente a dois cestinhos com compras. Não consigo resistir, mas como vou apenas uma vez por ano, não me imponho muitos limites. Queres ver as minhas compras? Fiz um pequeno esforço para tirar uma foto a tudo antes de me por a devorar pacote por pacote! 

Todas as fotos das compras após a tradução. 

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

New York | At the United Nations


Querida Sofia, 
Nações Unidas e Vogue. São os sonhos de trabalho para as duas metades da humanidade. E, apenas por acaso, ambas sedes são em Nova Iorque. Eu faço mais parte da metade da humanidade que ainda trabalharia para a Vogue (bom, mais no passado, hoje já tenho os pés mais e melhores assentes na - minha - terra). Não acredito nas Nações Unidas. Nunca sonhei em lá trabalhar. Se viesse o génio da lâmpada satisfazer-me três desejos hoje, não pediria para lá trabalhar. Ao contrário do resto da humanidade, tive a oportunidade de viver num país com (des)governança da ONU, então não me podem desancar de lado algum que seja uma instituição que AINDA faça algum sentido, que ainda valha muito a pena e que não gaste recursos à toa. Vamos passar adiante, que não quero ser convertida por pessoas que nunca viveram em guerra

Já aqui tinha falado do meu irmão. Ao contrário de mim, o meu irmão mais velho é um sonhador. E o sonho dele, além de ser diplomata, era trabalhar na ONU. E ele levou-me ao trabalho no meu último dia em Nova Iorque. E de uma coisa podem ter a certeza: eu vibro tremendamente (lá dentro, mas é verdade) com os sonhos e a realização dos mesmos nas outras pessoas. O meu irmão tinha o peito cheio de orgulho de ter a irmã ali com ele. A passear nos corredores, a descobrir cada sala. Estava feliz por ele. Mesmo. E agora as Nações Unidas não são apenas um sonho de instituição para o resto do mundo, foi um sonho cumprido pelo meu irmão, e que pediu extremos sacrifícios pessoais para ele e para a sua família. 

E por esse momento tão bom (depois de um almoço na cafetaria da ONU), vivi uma das melhores visitas (bem) guiadas da minha vida. Vá, até comprei alguns souvenirs na saída... 


Todas as fotos após a tradução. 

domingo, 7 de dezembro de 2014

Series | Hart of Dixie



Querida Sofia, 
Por razões de saúde, tive de ficar de molho este fim-de-semana. Normalmente deveria estar a cuidar da minha mudança de casa, mas não deu mesmo para fazer nada. Para não variar, aproveitei para ver as minhas séries, mas muitas já entraram no hiatus de Natal e só voltam em Janeiro. Comecei a ver a série Hart of Dixie, que é um pouco melosa demais para mim, e lamento, quando vejo a Rachel Bilson só me lembra The O.C. (Californiaaaaaaaaa...) Mas vê-se muito bem, sobretudo enquanto tenho outras coisas por fazer (posts por escrever, notícias para ler, fotos por pescar no Houzz)... 

Dear Sophie, 
For recurring health reasons, I could not leave the house this weekend. I had a lot of stuff to do - especially about moving - but I just could not do a thing. To unchange from the ordinary, I watched a few series. But... all my favourite series are already doing their annual Christmas Hiatus, so... I had to catch with a new one. I started watching Hart of Dixie, that is a bit too cheesy but will do for the moment. Unfortunately, when I see Rachel Bilson, I can only think about The O.C. (Californiaaaaaaaaaa...) But it's still watchable. Mostly when I have other stuff to do, such as reading the news, writing blog posts and pining photos on Houzz... 

Food | No wonder I am fat: things I have been eating and drinking lately

Bebidas / Drinks 


Infusão de frutos vermelhos: não sou grande fã de chá, mas forço-me a tomar. Agora, infusões? é muito mais fácil e ligeiro para mim. 
Red fruits infusion: I am not tea's biggest fan, but I force myself to drink it. Things change when I have infusions. It's easier and lighter for me to drink'em!



Água com fruta: adoro fazer em casa e ir bebendo durante o fim de semana. Pode ser de limão, laranja, maracujá ou morango. Tenho também de experimentar com pepino. E, não dá para descartar, é visualmente apelativo. 

Fruit water: I love to do some at home and drink it throughout the weekend. It can be flavoured with lemons, oranges, passion fruit or berries. I also have to give cucumber water a try. And, let's face it, it's very visually-appealing. 


Pouco importa o formato, o importante é ter sempre Perrier por perto. 
No matter the shape, I just need a Perrier at all times. 

Pratos principais / Entrées 


Uma das melhores coisas de se viver em Luanda é que há peixe fresco e pronto a grelhar em todos os restaurantes. 
One of the best things about living in Luanda is having fish ready for the grill at all times and in all restaurants. 



E um dos melhores frangos recheados que comi nos últimos tempos...
And one of the best stuffed chicken breast I have eaten in my life... 


Mash de batata com chouriço, ovo e salsa para acompanhar um Bife à Portuguesa 
Potato mash with chorizo, eggs and parsley to go with a Portuguese-style steak (with smoked ham, garlic and a fried egg) 


Sobremesas / Desserts 


Tarte de morango francesa / French strawberry tart 


Red velvet cupcake


E um bónus: produtos franceses da marca Pasquier. Amo! 
And a little bonus: french products from Pasquier. Lov'em! 

sábado, 6 de dezembro de 2014

Luanda | Le Petit Bistrot




Querida Sofia, 
Em qualquer esquina de Luanda, encontramos um restaurante português. Em qualquer supermercado, temos produtos portugueses (ou sul-africanos). Mas produtos e comida francesa? Meu Deus, como é difícil encontrar. Mas não é impossível e sempre que possível darei as minhas dicas para os nossos corações franceses não morrerem em Luanda. Primeiro, o restaurante Le Petit Bistrot. Já tem alguns aninhos, mas foi renovado e reaberto há alguns meses. Comi, claro, como se mundo fosse acabar o dia seguinte. Estive lá depois de ver esta exposição no Elinga Teatro há alguns meses. 

Le Petit Bistrot - Restaurante Francês 
Rua Amilcar Cabral (perto do Elinga Teatro) 
Mutamba - Luanda

Todas as fotos após a tradução. 

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Luanda | Feira de Artesanato da Ilha de Luanda (Dezembro 2014) | Ilha de Luanda's Arts and Crafts Fair (December 2014)

Querida Sofia, 
Já falei sobre a feira mensal de artesanato urbano na Ilha de Luanda aqui. Nada como ir lá dar uma voltinha de novo, sobretudo antes do... Natal. 

Dear Sophie, 
We have already talked about Luanda monthly Urban Arts and Crafts fair at Ilha de Luanda here. But it's that time of the year again, so if you need original and local gifts, go there! 




Marekting | Cuca rising the Angolan pride

A nova publicidade da Cuca (Cerveja Nacional) está um estrondo de boa (pergunto-me se foi a TBWA que fez? alguém sabe?). Vale a pena ver e rever. 

Cuca is a national beer brand in Angola. And their new ad is just too good. I am asking myself if TBWA did it. Does anyone now? 



quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Ælitis' Revue de Presse #13

Querida Sofia, 
Aqui seguem os meus sete artigos preferidos da semana. 
Dear Sophie, 
Please find hereby my seven favourite articles of the week. 

11 reasons dehydration is making you sick and fat (The Mind Unleashed)
15 times Chrissy Teigen's Instagram made us lol (HuffPost)
15 ways to avoid blogger-burnout (Pinch of Yum)
50 best albums of 2014 (Rolling Stone)
Being an economist is glamorous - only in Argentina (The Economist) 
Death Metal Angola: How a war-shattered African Nation gave birth to a heavy-metal scene (Mother Jones)
Lenny Kravitz on race: growing with a Black mother and a White father (fiquei um pouco emocionada com o vídeo - I got a bit emotional with this video) 


Luanda | Video Mapping at Rua Rainha Ginga (FENACULT 2014)



Querida Sofia, 
Há algumas semanas houve um grande festival cultural (Fenacult) em Luanda, que não teve exposição mediática (quase) alguma. O festival durou uma semana, mas ninguém sabia onde eram os eventos. Anunciaram música e exposições e concertos e troca o passo, mas não vi grande coisa e também não pesquisei muito. Bref
Estava na rua num dos dias do dito festival, em boa e divertida companhia. Perto da meia-noite passámos na Rua Rainha Ginga (uma das maiores artérias da cidade). Tinha alguma música, uma dúzia de gatos pingados a dançar na rua e os prédios antigos da rua serviam de mega-telas, para projecções muito divertidas. Aqui ficam algumas fotos desse dia. Espero que esteja melhor organizado e divulgado nas próximas edições. Porque se vissem estes prédios durante o dia, no péssimo estado de conservação no qual se encontram, nem acreditariam que têm o mínimo de potencial artístico. 

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Trezentas e setenta e quatro certezinhas

Querida Sofia, 
Voltei a instalar o widget LinkWithin no CAFS e estou a ver artigos muito antigos, escritos por mim. Se há coisa que recuso fazer é ler algo que escrevi no passado. E sem querer, cliquei aqui e fiquei assustada. É incrível que quase seis anos mais tarde, os meus gostos (e playlist) não tenham mudado. 

Dear Sophie, 
I installed the LinkWithin widget again on CAFS and some pretty old articles I wrote are popping up! Let me tell you something: there is nothing I dislike more than reading something I have written. And when I stumbled here, I was flabbergasted: it's incredible how six years have went on and my taste (and playlist) hasn't changed one bit. 

Luanda | SIGG and Bento boxes at Go Lunch (Maculusso and Nova Vida)

Querida Sofia, 
Acabei de descobrir esta marca angolana e fiquei cheia de vontade de visitar as lojas. Tentei durante algum tempo almoçar na empresa (= cozinhar em casa), mas como não gosto de almoçar com os meus colegas (é preciso ser honesta), sempre vou ao restaurante com amigos. Por essa razão, sei que não vou comprar grande coisa, mas pode ser que tenha algo interessante para tudo o que seja garrafa térmica, pois gosto de levar chá, café ou água quente para o trabalho, para consumir no carro ou na empresa. 

Dear Sophie, 
I just found out about this brand and got so eager to visit their stores! I have tried, for some time, to have lunch at the office (aka cooking at home) but I have to be honest: I really dislike eating with my colleagues. The only solution is to go to the restaurant with my friends. For this reason, I don't really think I need a bento box, but I sure do need a traveller's bottle, because I love having a hot tea or coffee (or hot water) ready to drink while commuting or at the office. 




New York | Fogo de Chão


Querida Sofia, 
Numa das noites frias de Nova Iorque, fomos jantar pertíssimo do MoMA, no restaurante brasileiro Fogo de Chão. Gosto desse nome, Fogo de Chão, soa bem, não é não? É uma rede de restaurantes de rodízio no mundo - digo isto porque acho ter visto um no Rio de Janeiro em Junho. 
A carne é, claro, maravilhosa, o ambiente é sofisticado (aquelas escadas... waw!) e quem me dera ter tido a coragem de tirar foto àquele buffet absolutamente brutal. Pude refazer no meu prato uma das combinações mais deliciosas de salada do mundo: curgete, batata doce, rúcula, tomate seco e mozzarella. Só de me lembrar... fico com água na boca - a sério, nunca serei magra. Comer é tão BOM! 
A nota mais alta vai para o pão de queijo. Acho que comi uns dez. Sem exagero. São diferentes de tudo o que já tinha comido antes em matéria de pão de queijo, pois têm uma textura de brioche. Jesus Cristo, recomendo este lugar para encher a pança. 

Fogo de Chão 
40 W 53rd Street 
New York 
fogodechao.com 

Algumas fotos após a tradução. 

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Atlanta | F2O Fresh to order


Querida Sofia, 
Carta rápida para um restaurante onde passei apenas para matar a fome: o F2O, Fresh to Order. Assim que aterrei em Atlanta, apanhei o MARTA para ir para Midtown e foi dos primeiros restaurantes que encontrei. Este restaurante foi o primeiro no qual vi um conceito muito bom, do qual me tornei fã mais tarde, e lembrei-me ao ver este vídeo: encomendar uma sopa com meia sandes. Sinto-me inspirada para fazer o mesmo em casa. 
De qualquer maneira, eu queria apenas uma sandes. Fui um pouco além da minha zona de conforto e encomendei algo com mostarda. Mostarda de mel, para ser mais exacta. Escolhi o House Turkey Club, em num pão fino integral, tipo pita. Ingredientes: perú assado, dois queijos, bacon, alface, tomate e a tal mostarda de mel. Estava delicioso. E como não podia deixar de ser, quando estou nos EUA, encomendei também um chá gelado orgânico/bio de frutos vermelhos.

As fotos após a tradução.

7 words in Kymbundu (one of Angola's national languages)

Querida Sofia, 
Fui ao lançamento deste livro – um dicionário de Kymbundu para Português - há alguns dias no Chá de Caxinde, um conceituado espaço cultural de Luanda. Infelizmente, não falo nenhuma língua nacional (e se falasse, seria umbundu, porque a minha mãe e avó materna são umbundu, um idioma do sul de Angola, enquanto o Kimbundu é do Norte/Luanda), mas uso algumas palavras em kimbundu no meu quotidiano. Uma das palavras mais conhecidas é “muxima” que quer dizer coração, mas raramente a uso. Aqui vai o meu top 7. 

Dear Sophie, 
This Kymbundu-Portuguese dictionary was launched last week. Kymbundu is an Angolan national language that I do not speak – as a matter of fact, I don’t speak any Angolan language. If I did, it would be umbundu, as my mother and her own mother are umbundu, a language from the South. Kymbundu is considered a language from the North/Luanda. I use a few kymbundu words in my daily life. “muxima” (which means heart) is one of the most famous, but here is my personal top 7. 

1 . Maka, que usamos para dizer “problema”, mas a expressão “queres maka” também quer dizer “queres conversa” – means “matter”; 

2 . Zwela: fala – talk; 

3 . Kunanga: quer dizer “desempregado”, mas usamos para dizer “preguiçoso” – means “unemployed” but we use it to say “lazy”; 

4 . Kassule: ultimo filho ou mais novo – last son or the youngest one; 

5. Jinguindo: tranças ou carrapitos – braids; 

6 . Aywee ou Wawe (ler uaué): expressão de desespero – despair sound; 

7 . Mabanga: um tipo de marisco – a shellfish